Escrito por Priscilla

Estrutura para bebês do Gran Palladium Imbassaí

mamae-bebe-sol

Lembram quando eu fiz a lista dos hoteis e resorts no Nordeste para viajar com bebês? Então: acabei optando pelo Grand Palladium Imbassai, na Bahia. Tive uns dias de férias em julho e aproveitei, né?

Aliás, se você curtir o post e se interessar pelo hotel, você pode fazer sua reserva aqui.

Muita gente me falou que este era um bom local para viajar com bebês. Pesquisei bastante antes de fechar a viagem.

Olha, não me arrependi, viu. Ao contrário. Penso em voltar quando a Coty for maiorizinha.

Aliás, se você quiser saber mais sobre como foi viajar de avião com um bebê, veja o post que fiz aqui.

Mas ainda assim ela aproveitou muito o passeio porque a estrutura é toda pensada para a necessidade da família. Não importa a idade. Mas vamos nos concentrar nos bebês. Vou contar para vocês detalhes da estrutura do Gran Palladium Imbassai para os pequenos, menores de 2 anos.

Quarto do Hotel

Os quartos são muito, muito amplos. Além da cama você tem um sofá cama (para o caso de se hospedar com mais alguem da familia, por exemplo).

Para o bebê o hotel disponibilizou um bercinho (veja na foto abaixo). E não reparem na bagunça do quarto hehehehe

berço1

Carrinho de Bebê

A gente queria evitar de carregar mais coisas do que já estávamos levando e optamos por alugar um carrinho de bebê lá. Aliás, o hotel aluga também bicicletas, bicicleta com cadeirinha para bebe, entre outras coisas assim.

carrinhodebebe

Para 4 diarias paguei 72 reais. Esse preço é um pouco mais baixo que o normal pois optamos por ficar em uma área “Premium” pagando 50 reais a mais por dia. Essa área premium contava com um serviço de concierge e descontos em serviços como este.

Detalhe: os carrinhos estão em ótimo estado, mas ainda assim tinhamos toda a liberdade de usa-lo como quiséssemos, inclusive na praia. Veja só:

papaiheroi

Papai herói carregava o carrinho na areia com bebê e tudo <3

Equipe

Olha, eu já tive péssimas experiências na Bahia por conta do ritmo de atendimento. Já até meio que esperava me estressar um pouco. Mas qual não foi minha surpresa em ser atendida muito rapidamente em tudo o que eu pedia.

Outra coisa que quero contar é que os funcionários pareciam felizes em trabalhar lá, em atender as pessoas. Claramente eram muito bem treinados. Não é só o fato das palavras de cortesia serem usadas o tempo todo, mas como davam atenção para a gente e especialmente para nossa pequena.

Mas vou dar um destaque para uma funcionária do Gran Palladium Imbassaí que fez toda a diferença na nossa estada lá: a Gabriela do restaurante central. Ela nos atendia na mesa e sempre se prontificava a ajudar com a alimentação da Coty. Foi graças a ela que sempre tínhamos uma proteína processada para a Coty, do mesmo jeitinho que temos em casa. Fora todo o carinho, né? A Catarina adorava a Gabi (que chamava de Bibi).

Dica da Pri: Se você for ao Imbassai e tiver bebê, procure a Gabi no restaurante principal. Ela vai te atender muito bem. 🙂

Alimentação

Como comentei anteriormente, tivemos um ótimo atendimento da Gabi, que nos ajudou muito com a alimentação da Coty.

Além disso, todos os prédios (e mais o espaço baby) contam com copa bebê. Veja o post sobre a Copa Baby do Palladium aqui.

Vale informar que além dos restaurantes principais, o resort conta com 3 opções para jantar (um mediterraneo, um japones e uma churrascaria). Os 3 têm opção menu kids, como esse que a Coty está segurando abaixo:

Imbassai_menukids

Nesse Menu Kids há várias opções para crianças e até sopinhas para os bebês.

Dica da Pri: se você exagerar no all inclusive, no menu kids tem canjinha para dar aquela forrada no estomago 😉

Baby Club

espacobaby

É um espaço para os bebês (de 1 a 3 anos) brincarem dentro do resort. Lá tem também um berçário onde os pequenos podem tirar seus cochilos tranquilamente. Vejam a Coty super tranquila no lugar 😛

berçario-espacobaby

Nesse espaço há diversos brinquedos para as crianças, filminho e atividades dirigidas propostas por uma monitora. Aliás, o espaço é monitorado das 9h às 20h.

Para entrar, além do fator idade (de 1 a 3 anos ou adultos responsáveis), deve-se tirar os sapatos (o que eu achei um detalhe bem importante). Do lado fica o Mini Club para as crianças maiores e lá há outras atividades também dirigidas.

Aliás, achei a equipe de monitores bem competente e animadissima. Eles ficam o dia todo com os mais velhos e propõem várias atividades com o grupo: até brincadeiras na piscina. Tudo com muita segurança. Também vi os monitores levarem o grupo para fazer refeições e nos shows noturnos. É uma tremenda mão na roda para pais exaustos (se bem que ainda assim eu faria questão de ter as refeições com a garotada, nem que fosse só o cafe da manha e jantar).

Baby Sitter

Nada contra quem leva babá em viagens, mas não era o caso aqui. De qualquer forma o Gran Palladium Imabassaí oferece a opção de contratar babás por um mínimo de 4 horas, desde que você informe a necessidade 24 horas antes.

Gostei do fato das babás poderem usar as áreas comuns do hotel (piscina, por exemplo). Afinal, como cuidar de uma criança se não puder interagir com ela nos ambientes em que ela está.

Elas usam um uniforme do hotel (o que para mim não faz a menor diferença).

Contratamos uma no nosso penúltimo dia lá, por 4 horas. Pagamos 15 reais a hora (o preço normal é 25 ou 30, mas tivemos desconto por estarmos na parte Premium – é o bloco 13). A babá se mostrou muito bem preparada e solícita. Ela já trabalhava há 4 anos com o hotel mediante solicitação dos hóspedes.

Eu fiquei com ela o tempo todo pois o proposito ali era aliviar um pouco a gente no que diz respeito à atenção da Coty. E quando deixamos ela dormindo no berçário precisávamos de algum adulto para ficar com ela lá (enquanto eu podia ler uma revistinha com calma – um luxo).

Piscina para Bebês

O hotel tem uma piscina super rasa para bebês e crianças de colo. A gente levou a Coty lá e ela amou porque se sentia independente para engatinhar na água (ela ainda não anda sozinha).

piscinababy

Eu sei que a imagem está muito ruim, mas na maioria das vezes a gente não fotografava porque preferíamos curtir o momento com ela. Mas dá para ter uma ideia do quão rasa (e segura) é essa piscina.

O melhor é que a gente fica se lá deitadona na piscina (ou sentada) brincando com o bebê enquanto toma aquele sol gostoso e se refresca 🙂

O que pode ser melhor:

Aqui vão minhas observações de coisinhas que podem melhorar, mas nada super grave:

  • Acesso aos quartos é feito apenas por escadas. O meu quarto ficava no primeiro andar e eu tinha que subir dois lances com a Coty no colo. Não é nada dramático, mas poderia ter um acesso melhor para quem está com bebê. Creio que os quartos do térreo já estavam todos ocupados quando chegamos e por isso ficamos no primeiro andar.
  • O berçário no espaço baby poderia ter uma cortina para escurecer o ambiente. No dia que deixei a Coty fazer a soneca da tarde lá ela teve dificuldade para dormir pois só dorme no escuro. A solução foi improvisar uma cabaninha com os cobertores dos outros berços.

Para terminar, deixo um vídeo da nossa viagem 🙂

Faça sua reserva aqui!

Um beijo e até a próxima!

beijo

Para ler mais sobre passeios e viagens com bebês, clique aqui.

 

 

 

 

  1. Avaliação geral:

COMENTÁRIOS

  1. Pingback: Como é a Copa Baby do Gran Paladium Imbassai - As Cidades de Priscilla

  2. Pingback: 10 Hoteis e Resorts para viajar com bebês no Nordeste - As Cidades de Priscilla

  3. Priscilla |15/05/2017 00:10

    Priscilla uma dúvida o aluguel do carrinho que foi 72 reais ou do berço? Outra dúvida no clubinho baby de 1 a 3anos os pais tem q ficar? Pois no site deles eu entendi q poderia deixar minha filha de 3 anos lá com as meninas sem um responsável. (Já estava até feliz de ter algumas gotinhas de diversão com meu marido apenas… kkk) .

    • Priscilla |16/05/2017 19:06

      Oi priscilla, tudo bem?
      vamos lá:
      72 reais eu paguei pelo aluguel do carrinho, mas porque fiquei em um prédio mais VIP. A diária normal é um pouco maais cara.
      Eu nao tenho certeza sobre a sua filha, mas acho que acima de 3 anos pode deixar sim. A minha na época tinha 1 ano e meio e por isso nao podiamos deixa-la.
      Masssss qualquer coisa o hotel oferece serviço de babá (pago por fora, claro) mas pode valer a pena para umas horinhas de paz e sossego.
      Eu usei o serviço e fiquei junto com minha filha e aprofissional. Mas foi bom nao ter que ficar correndo atrás dela por algumas horas 😉

  4. DEBORA DE OLIVEIRA |31/05/2017 21:51

    Oi, Priscilla!
    Depois de ler sobre a sua viagem para GRAND PALLADIUM IMBASSAÍ RESORT & SPA, decidimos ir para lá nas férias de julho, 06/7 a 11/07. Temos uma filha, a Kiara, de 1 ano e 8 meses, será sua primeira viagem de avião.
    Vi algumas reclamações do Palladium no Reclame Aqui, você tem alguma observação?

    • Priscilla |31/05/2017 21:59

      Oi Debora, nenhuma!
      Eu fui para lá pagando do meu proprio bolso e gostei muito da experiencia. foi minha primeira viagem com minha filha e por isso eu estava muito apreensiva. a única dica que acho que pode tornar sua experiencia muito melhor é pedir para ficar em um andar terreo. Como julho o hotel tende a ser mais lotado, tenta pedir isso desde agora. bjs e que você e a Kiara tenham uma excelente viagem!

  5. Michelly |09/08/2017 00:19

    Oi Priscilla…estou programando viajar com minha bebe quando ela estiver com 07 meses, no final do ano…e
    gostaria de saber sobre o mar em frente ao Grand Palladium… se é calmo ou agitado. Gosto de viajar para lugares com mar calmo, pra ficar tranquila em relação as minhas outras duas filhas gêmeas de 07 anos que adoram ficar na água.
    Obrigada. Michelly

    • Priscilla |11/08/2017 10:37

      Oi Michelly,
      Sabe que eu nao lembro em detalhes? é que como a Coty era muito bebe a gente nao ficou muito no mar e a agua tava um pouco fria.
      Mas lembro que tinha crianças na agua sim.
      O hotel em si tem tanta opção de piscina que pode ser que suas gemeas curtam mais ficar nele que ir para a praia 😉
      bjs e divirtam-se

  6. Cinthia |16/10/2017 14:00

    Olá gostaria de saber sobre o acesso a praia pelo que percebi não é pé na areia.. Vou com um bebê de 1 ano e 10 meses. Obrigada.

    • Priscilla |16/10/2017 14:19

      Oi Cinthia,
      nao é pé na areia, mas o acesso é feito por uma passarela. É um caminho curto e dá para ir com crianças.
      eles oferecem uma espécie de transporte entre a praia e o hotel caso voce nao queira ir andando.
      Eles inclusive alugam carrinho de bebê lá, então pode ajudar tambem.
      bjs

Deixe seu comentário

Enviar