Escrito por Priscilla

Infidelidade da TAM

asa_aviao

Uma das minhas resoluções de ano novo foi colocada em prática desde o final do ano passado. Não vôo mais para o exterior de TAM se eu puder fazer essa opção. Simples assim.

O motivo é porque durante uma década priorizei a companhia para acumular pontos no programa de fidelidade. Ano passado foi 4 vezes ao México voando TAM. E sabe o que eu ganhei? A infidelidade da TAM. Nada de upgrades, mesmo com mais de 100 mil pontos acumulados, nada de virar categoria vermelha. Nada!

Na verdade, a TAM ficou bem xexelentinha após a aquisição da LAN. A comida decaiu horrores e a inflexibilidade do programa de milhas tornou-se indigesta para gente que como eu defendia a companhia.

Pois bem: prefiro voar de United para o México (e fazer uma escala em Houston), ou pela Avianca (escalas na Colombia e Panama) que pela TAM (vôo direto), já que as outras companhias me oferecem mais vantagens e conforto.

Minha ficha caiu porque em pouco mais de um ano pontuando na United, companhia que eu usava bem menos que a TAM, o programa Mileage Plus já me dá upgrade automático em vôos nos Estados Unidos, flexibilidade para usar meus pontos e pagar uma pequena diferença no upgrade (USD 150 para a executiva – juro!), e em breve á viro categoria Gold.

Em 10 anos de TAM eu nunca virei vermelha. E nunca consegui um upgrade pelos pontos. Se a companhia quer a fidelidade dos clientes, que faça por onde.

Pontos na TAM agora, só pelo cartão de crédito.

Em tempo tenho um vôo pela este ano, cujas passagens emiti com minhas milhas. Mas de agora em diante, o que eu puder evitar, evitarei. Cliente que voa para o exterior a trabalho quer conforto no vôo, não passagens aéreas.

Uma vez cheguei a reclamar e usar o exemplo da United como argumento e a resposta que eu tive foi:

Prezada Sra. Priscila,

Recebemos seu e-mail enviado ao serviço Fale com a Gente e, soubemos de suas observações a respeito dos procedimentos para upgrade com pontos do Programa TAM Fidelidade em voos internacionais.

Primeiramente, aproveitamos a oportunidade para esclarecer que, o upgrade com pontos é efetuado sempre com base em tarifas específicas elegíveis, e portanto para realizar o upgrade da classe econômica para a classe executiva, o bilhete pagante deve estar emitido em classes tarifárias do perfil Plus. Já da executiva para a primeira classe, o bilhete pagante deve estar emitido em classes tarifárias do perfil Executive.

Para a realização desse procedimento, é necessário que haja disponibilidade na classe tarifária para upgrade com pontos e a emissão do bilhete somente poderá ser efetuada em lojas TAM nos aeroportos.

Como os voos internacionais exigem um critério diferenciado para a emissão de bilhetes e reserva de passagens, os lugares destinados upgrade com pontos são limitados. Essa limitação está relacionada diretamente ao comportamento do voo diante de sua demanda.

Para que um programa como este seja permanente e confiável, ele precisa ter regras que sustentem seu mecanismo de premiação.

Soubemos ainda de seus comentários a respeito da política de upgrade adotada pela Cia aérea United Airlines.

Somos da opinião que a concorrência é sempre saudável trazendo muitos benefícios ao público usuário que, afinal é o maior contemplado com tantas opções e vantagens ao seu favor. O mercado brasileiro de aviação tem ainda muitos nichos a serem explorados. A TAM, por seu lado, continuará voltando todos os seus esforços para prestar serviços revestidos de qualidade aos seus Clientes.

Contamos com sua compreensão e queremos que saiba que permanecemos, como sempre, à disposição para conhecer suas opiniões.

Atenciosamente,

Equipe Fale com a Gente
Serviço de Atendimento ao Cliente – TAM Linhas Aéreas
LATAM Airlines Group S.A

Resumindo: se eu preciso pagar tarifa diferenciada para ganhar uma vantagem da companhia aérea, eu não preciso manter a tal fidelidade, não é mesmo?

United: sou toda sua!

 

  1. Avaliação geral:

Deixe seu comentário

Enviar