Escrito por Priscilla

Musical infantil ‘Braguinha – sons, canções e histórias’ estreia 25 de junho

Braguinha é um dos compositores mais importantes da música brasileira. Conhecemos a maior parte de sua obra através de sambas e marchinhas populares, como Chiquita Bacana, Touradas em Madri, Balancê, As Pastorinhas, mas poucos sabem que ele também tem uma vasta obra dedicada às crianças. Suas músicas contam com uma narrativa fantasiosa que permite viajar, de forma lúdica, do Brasil para a Espanha e assistir a uma tourada em Madri.

Tendo como base a obra de Braguinha, a dramaturgia do musical foi elaborada a partir de suas músicas e suas histórias, presentes na coleção Disquinho, sem a preocupação de dar conta de toda sua obra, mas traçando um panorama de seu legado e construindo, assim, uma nova história a partir desse universo.

O espetáculo mostra ao público infantil personagens e canções presentes em histórias como “A Cigarra e a Formiga”, “Festa no Céu”, “Chapeuzinho Vermelho”, “O gato na Tuba” e “Viveiro de pássaros”, todas roteirizadas e musicadas por Braguinha. São músicas e narrativas presentes na infância de toda uma geração, e que talvez hoje cheguem cada vez menos aos ouvidos das crianças, parecendo terem se perdido num passado remoto, assim como os discos de vinil, que o espetáculo resgata e coloca em cena. Quando tocados na vitrola, transportam todos, como se fossem um portal mágico, para viverem as histórias e personagens da Coleção Disquinho.

A Cia Coisas Nossas de Teatro foi fundada em 2009 e se dedica à pesquisa cênica da vida e obra de grandes compositores brasileiros. Tem dois espetáculos em seu repertório: “Noel Rosa, O Poeta da Vila e Seus Amores” e “Vinicius de Vida, Amor e Morte”. Seu próximo espetáculo, já em processo final de montagem, é “Caymmi Amado”.

Sinopse:

Baseado nas histórias da Coleção Disquinho. Duas crianças, perdidas na floresta, pedem abrigo numa casa de barro. O dono, Seu Braga, os acolhe e lhes apresenta suas músicas e histórias, além de objetos antigos, já “obsoletos”, como a vitrola, que, quando acionada, transporta todos magicamente para viverem outros personagens em aventuras como “A cigarra e a formiga” e “Festa no céu”.

Ficha Técnica:

Texto: Paulo Rogério Lopes (baseado na obra de Braguinha)

Direção: Cristiano Tomiossi e Kiko Rieser

Direção musical: João Poleto

Concepção geral: Cristiano Tomiossi

Elenco: Dani Nega (Mamãe), Débora Veneziani (Chapeuzinho), José Eduardo Rennó (Seu Braga) e Tairone Porto (Pinduca)

Músicos: Alexandre Moura (violão e teclado), Ildo Silva (cavaco), João Poleto (flauta transversal) e Samba Sam (percussão)

Cenário e figurinos: Kleber Montanheiro

Iluminação e operação de luz: Fábio Puff

Projeções e design gráfico: Zeca Rodrigues

Ilustrações: Carol Carreiro (Nina)

Técnicos de som: Duda Gomes e Leandro Ramos

Codireção musical: Alexandre Moura

Sonoplastia: João Poleto e Samba Sam

Assistência de figurinos e bordados: Luma Yoshioka

Costureira: Creuza Medeiros

Pintura de figurinos: Victor Grizzo

Cenotécnico: Evandro Carretero

Idealização: Cristiano Tomiossi e José Eduardo Rennó

Produção: Cristiano Tomiossi e Kiko Rieser

Realização: Prefeitura de São Paulo, Prêmio Zé Renato e Coisas Nossas Produções Artísticas

Serviço

BRAGUINHA – SONS, CANÇÕES E HISTÓRIAS, DA CIA. COISAS NOSSAS DE TEATRO

Quando: 25/6 a 30/7, aos domingos, às 11h

Local:Teatro (200 lugares)

Ingressos:R$17,00 (inteira), R$8,50 (meia-entrada) e R$5 (credencial plena) / crianças até 12 anos não pagam

Classificação: Livre

Duração: 70 minutos

  1. Avaliação geral:

Deixe seu comentário

Enviar