Escrito por Priscilla

O cantinho do Sheldon Cooper: Exploratorium

entrada

Eu viajo para São Francisco todos os anos por causa do meu trabalho (afinal blogueira trabalha, viu? :P)
Já fui 5 vezes. E a cada viagem separo um cantinho da cidade para conhecer.

Desta vez meu tempo era curtíssimo porque eu fiquei em uma cidade chamada Santa Cruz, há duas horas de São Francisco, então acabei ficando na cidade apenas por uns 2 dias.

Abri mão de fazer compras (afinal a Amazon está aí para isso e eu mudei muito meus hábitos de compras depois que a Coty nasceu) para conhecer desta vez o Exploratorium.

Vou dar uma definição bem básica sobre o local: imagina um Catavento, mas maior e com mais atrações. E olha que o Catavento é ótimo e muito completo!

É mais ou menos isso que o Exploratorium é: um grande museu de ciências, em que pode-se explorar questões de física, química e biologia, além de comportamento humano. Fica na região dos piers, ou seja na “Embarcadero”.

Achei um lugar muito interessante para todo mundo: de pessoas viajando sozinhas a trabalho como eu a famílias. Até para quem busca balada, porque na quinta o local abre de noite!

Se um dia eu levar a Coty para São Francisco, certeza que vou levar ela lá. Achei uma maneira bem divertida de falar de ciências e eu me diverti horrores. Até fiz uma videoconferência com meu marido de lá (a Coty não deu muita bola).

Uma das coisas que mais chamaram a atenção é essa foto aqui:

privada

Máaa cuma?

Pois é: esse é um dos experimentos. Na prática um bebedor com água limpíssima. Mas por ser um vaso sanitário muita gente fica com nojinho por conta de sua experiência com o objeto. Sabe qual o nome disso? Preconceito 😉

Olha só a explicação que fica logo acima da caixa de água

explicacaoprivada

Aliás, todos os experimentos do Exploratorium são explicados direitinho em plaquinhas assim.

Ainda nessa parte mais “comportamental”, você pode fazer o dilema do prisioneiro (aquele jogo do “competir ou cooperar”) com alguém que esteja viajando com você.

dilemaprisioneiro

Eu tava viajando sozinha e não fiz. Geralmente sou bem cara de pau e chamo alguma pessoa desconhecida. Mas só vi esse experimento no final e acabei nem fazendo. Cansada, né?

Há também uma parte (fica lá no fundão) que explora bastante a biologia. Eu gostei particularmente da parte das plantas com estufas all over the place.

estufa

Tem também experiências de física. Várias. Mas eu sou criança e gosto dessa da sombra que me lembra algo similar que o Playcenter tinha 😛

sombra

 

Outra curiosidade: tem uma área com várias oficinas. Tem até oficina de animação em videos! E essa escultura de palitos de fósforo perfeita? Levou 40 anos para ser feita

fosforo

Para quem não sabe, o Exploratorium também tem uma parte externa com alguns experimentos (na maioria xexelentos). Mas vai lá conhecer…

areaexterna

E por fim, o Exploratorium tem uma área superior. Lá você consegue fazer a observação de peixes (que estão na baia mesmo) e de pontos da própria baia.

9

Essa área da foto acima eu achei um charme. Primeiro por causa desses bancos em formato de prancha de surf. E depois por conta da Bay Bridge ali atrás…Que paisagem, né?

Por fim, passe na lojinha do museu. Eu comprei duas besteirinhas lá (uma bolinha de sabão que duraaaa e um mini terráreo que quando eu plantar mostro para vocês).

Serviço:

Ingresso: 29.95 para adultos e 19.25 para crianças. De 13 a 17 anos o ingresso é 24.95

Funcionamento: de terça a domingo das 10h às 17h. De quinta abre a noite mas apenas para adultos

Endereço: Pier 15. Não tem como errar!

Tempo: você vai ficar pelo menos duas horas lá. Dá para planejar uma tarde de passeio no museu e ainda fazer um lanchinho (tem lanchonete por lá).

Mais informações, veja aqui.

Divirta-se!

  1. Avaliação geral:

Deixe seu comentário

Enviar