Escrito por Priscilla

ONDE COMER A MELHOR PAELLA DE BARCELONA

A vida de viajante é surpreendente. Ao chegarmos em Barcelona combinamos de encontrar uma amiga do meu marido que está morando por lá. A ideia era passear nas Ramblas onde ela mora (que não é aquela muvucada da Plaza Catalunya não).

A surpresa ficou por ela nos levar no restaurante em que, segundo os moradores da cidade, servem a melhor paella de praia de Barcelona. Melhor ainda: lá você só consegue comer se reservar com pelo menos dois dias de antecedência.

Olha, quero deixar bem claro que de paella eu entendo. E se você acompanha este blog há alguns anos, deve lembrar como sou boa de preparar esse prato.

Já contei para vocês que eu costumo ter muita sorte? Pois bem! Conseguimos jantar lá sem reserva, em um grupo de 4 adultos e 2 bebês. Mas não bobeie, para fazer reservas veja aqui.

O nome do restaurante é o Escribà. Na verdade eles chamam de Xiringuito que quer dizer barraca de praia.

Aliás, o Escribà fica em uma praia linda e bem família chamada Platja de la Mar Bella. Voltamos lá uns dias depois de dia para curtir um pouco de sol e mar.

Vamos a la playa, ô ôô ôô 🇪🇸🏖 #marmedirerraneo #veraoeuropeu #barcelona #peninsulaiberica #platja #platjardelamarbella

Uma publicação compartilhada por As Cidades De Priscilla 🏠👠😎 (@cidadesdepriscilla) em

Para uma barraca de praia o restaurante é muito limpo, bem cuidado e a decoração linda. Achei uma graça essa peça que imita uma água viva. Era a iluminação de cada mesa.

Olha como fica lindo o efeito na decoração do restaurante!

Mas o que você quer saber é se a paella é boa em si, né?

Eu gostei bastante. Pedimos a de mariscos. Achei o sabor equilibrado e gostei que veio camarão e lagostin de verdade.

Tá vendo essa colher branca apoiada na panela? A tradição diz que você deve compartilhar a comida comendo diretamente na panela com esta colher. Achei curioso e pitoresco.

Comi muito e feliz da vida. Amo paella e esta estava especial.

Para acompanhar pedimos sangria, que estava bem equilibrada também (tô usando muito essa palavra hoje). Nem toda sangria é boa assim como nem toda caipirinha é doce. Mas essa estava tão boa que nem pedi outra bebida não alcoolica. Apenas água que eu sempre peço para diluir o alcool.

Só de escrever sobre isso já me dá uma sede de sangria 🙂

Para fechar o post: achei curioso que várias paellas são preparadas ao mesmo tempo. Queria ter uma estação de paella assim em casa. Ou quem sabe alguém se anima e não lança um restaurante assim em São Paulo. Fica a dica, hein?

Apenas lembrem-se que agora é a altíssima temporada na Espanha por conta do verão e que se você for dar um pulinho em Barcelona, vale muito a pena curtir um almoço no Escribà e depois (ou antes) pegar uma praia.

O preço é salgado. Com café, sangria e umas croquetas de entrada pagamos 65 euros (Helton e eu). Mas eu sou do time que gosta de comer bem (taí meu peso para provar) e sabe que o que é bom às vezes pesa no orçamento da viagem.

Serviço:

Xiringuito Escribà / Av. Litoral, 62 – 08005 Barcelona / +34 932 210 729 / [email protected] (sólo grupos)

  1. Avaliação geral:

Deixe seu comentário

Enviar