Escrito por Priscilla

Especial Russia – Nevsky Prospekt

Se um dia você for à San Petersburgo, vai descobrir que a avenida Nevsky Prospekt é a melhor referência que você terá da cidade toda. E se você quiser ter uma noção despretensiosa da cidade, caminhe a extensão toda da avenida. São apenas 4 km. Você faz em menos de uma hora (se não parar para ver nada, o que me parece impossível). Tá na cara: é a principal avenida da cidade e eu rec

Escrito por Priscilla

Como são as pessoas na Rússia

    Eu tentei achar uma imagem legal para alimentar esse post sobre como são as pessoas na Rússia, mas não achei nenhuma que traduzisse o que achei delas, então vamos de matrioskas mesmo. Bom, eu li muitas coisas sobre os russos antes da viagem, mas não tem jeito, temos que ir para um lugar para entender como é o povo de lá (com nossas percepções). Ao contrário do que muita gen

Escrito por Priscilla

Especial Rússia – Era Stalin

    Acho que o que mais me chocou na Rússia, foi entender que a era stalin ainda tem seus respingos por lá. O sanguinário ditador comunista ainda é bem querido por lá. Inclusive estavam considerando mudar o nome da cidade de São Petersburgo de novo para Stalingrado. Pior foi na comemoração da vitória sobre a Alemanah na II Guerra que ônibus com o rosto de Stalin circularam na c

Escrito por Priscilla

Especial Rússia – Dinheiro

Sabe que lidar com dinheirona Russia foi uma preocupação de última hora? Bom, perguntando aqui e ali me resolvi muito rapidamente com isso. O que de fato você precisa saber: 1) a moeda russa é o rublo 2) a cotação é mais ou menos 1000 rublos = 70 reais. Por problemas no meu retorno (que eu conto dia desses) não consegui trocar o dinheiro e voltei para o Brasil com 2500 rublos. Me ferrei.

Escrito por Priscilla

Especial Rússia – Vodka

Não tem como ir à Rússia e não experimentar a tradicional vodka, certo? E vale a pena mesmo porque a vodka lá era super suave. Claro, eu só tomava um shot e de poquinho. Tive que furar a tradição de virar o copo.  Só por curiosidade, a palavra vodka, é o diminutivo da palavra água, ou seja, aguinha. Essa aí da foto eu tomei com o meu cicerone na Russia, em um bar de Moscou chamado Pro

Escrito por Priscilla

Especial Rússia – Comida

A primeira pergunta que eu escutei nessa viagem foi: como você se virava com o idioma? A segunda foi: o que se come na Rússia? Pois bem: se como de tudo (rs). O prato típico é o strogonoff. Bem mais leve que no Brasil (o creme de leite é menos gorduroso). Também fazem com frano e carne misturados e servem com purê de batatas. Aliás, lá se come muita batata. O café da manhã era diferente

Escrito por Priscilla

Especial Rússia – Comunicação nas Ruas

  Ok, aí você chegou em Saint Petersburgo. Aquela cidade lindíssima dos czares. O problema é que você não fala a língua dos czares. E nem o pessoal fala sua lingua muito menos o inglês. Aliás, me perguntaram se era alguma questão política, mas não me pareceu. O pessoal simplesmente não aprendeu inglês na escola e ponto final. Bom, eu já tinha passado por isso em outros países

Escrito por Priscilla

Especial Rússia – A chegada!

  Bom, chegar na Russia por si só foi uma odisseia. Uma vez que eu iria viajar com milhas, tive que me sujeitar ao que a companhia aérea poderia me oferecer. Enfim…liguei para marcar o vôo e tinha limitado o número de milhas que usaria. E aí que tive que chegar primeiro em Saint Pepersburgo e depois ir para Moscou. Até aí tudo bem. O problema é que para chegar nesta cidade, fora

Escrito por Priscilla

Especial Russia – Russia Facts

– Os russos têm um olho de cor azul escura. Nunca tinha visto isso na minha vida e me deu até vontade de fotografar. Mas fiquei com vergonha – A sonoridade da língua russa lembra o português. Pelo menos eu tive essa impressão – Russos curtem uma pechincha e o idioma não é uma barreira para isso – Claramente eles ainda não engoliram a derrota na Guerra Fria – N

Escrito por Priscilla

Especial Rússia – Férias

  Bom, já voltei de viagem! Passei uns 10 dias na Rússia nessas férias e agora inicio uma série de posts sobre a viagem. A primeira coisa que quero contar para vocês é porque optei por esse destino. Bom, na verdade eu queria ter ido ao Egito, mas neste momento não é muito aconselhável. Por outro lado, eu sempre sonhei com Moscou. Não interessa sua posição política, admita que a c