Escrito por Priscilla

Roteiro de 2 dias em NY

Empire State com iluminação especial...

Dois dias em NY. O que fazer?

Há um tempinho eu fiz um post dando sugestões para visitas relâmpagos à NY, de 3 dias.

O post fez muito sucesso e recebi pedidos de roteiros para quem nunca esteve na cidade e tem pouquíssimo tempo lá, ou que já conhece a cidade mas queria pensar em possibilidades diferentes. Mas em NY as opções são tantas que uma pergunta sempre ronda nossa cabeça quando temos uma chance de ir para lá: O que fazer na Big Apple?

Então aí vai uma sugestão de dois dias em que tentei fazer um mix de tudo: atividades para todos os gostos, algumas bem óbvias e outras nem tanto. Divirtam-se!

Dia 1

1 – NY é mais NY quando você acorda e vai tomar café na Starbucks. Eu tentaria alguma loja ali perto do Rockfeller Center (30, Rcokfeller Plaza)

2 – Já que você está por aí e já que você já tirou fotos na escadaria da pista de patinação (montada apenas em alguns meses), veja a fila do Top of The Rock fica ali no prédio da NBC) e suba nele para ver a vista. É a melhor de NY e dispensa a ida ao muvucado Empire State Building.

3 – Quando descer, vale uma visitinha rápida nas lojas ao redor do Rockfeller. Pare uma meia hora na Pylones que têm coisinhas lindas e fofas. Em frente tem o Radio City Music Hall. Aliás, no próprio Rockfeller tem um shopping para comprar coisinhas. Só não esquece que você vai andar o dia todo e carregar objetos pesados pode não ser uma boa ideia.

4 – Bom, aí já deve ter dado aquela fominha, né? Se você sair o Rockfeller pelo lado da loja do Lego (que é divertidíssima e também vale a visita), cai na 5a avenida. Desça até o número 200. Ah, quase em frente à saída do Rockfeller Center para a 5a avenida você vai ver a Catedral de St Patrick, então vale também gastar uma meia horinha para dar uma olhada, tirar fotos e entrar para agradecer pela viagem.

No número 200 da 5a, você vai conhecer um mercado italiano super charmoso, o Eatly. Uma delícia para almoçar e comprar umas especiairias (azeite trufado, azeite normal, massas de vários tipos, doces, vinhos, molhos, etc).

5 – Aí sobrou um bom pedaço da tarde e um cadinho de perna, né? Então, pegue o metrô (para descansar as pernas) em direção a uptown. O destino é o Central Park. Tente ver no seu super mapa do metrô (veja link nas dicas lá no final do post) qual linha sobe até a 72 west. É ali que fica o Dakota Building. Sobre esse prédio e esse pedaço do Central Park, eu já escrevi aqui. Faça essa parte do passeio com calma. Tire muitas fotos e ande por dentro do parque.

6 – Cansou, não é? Pegue o metrô para downtown. Volte para o número 200, mais ou menos (no Eatly). Mas você não vai parar lá não. No número 230 tem um prédio cuja cobertura vira uma baladinha à noite. Leia sobre isso aqui. Você pode beliscar umas coisinhas (tem sandubão e porções) e tomar uns bons drink lá no alto, observando o Empire State. E, se estiver frio, não se assute. O bar fornece roupões super felpudos e aquecedores para o pessoal curtir a parte aberta. No andar debaixo rola uma baladinha. Lembre-se de levar documento porque eles são bem chatos com isso…Se chegar umas 20h, menos chances de pegar fila.

Peça seu cosmopolitan e sinta-se uma das meninas do Sex and The City!

Dia 2

1 – A dica hoje é começar o dia tomando café na Pret a Manger – rede de padarias/lanchonetes gracinha que tem o melhor croissant do mundo.

Eu recomendo a unidade que fica 5a avenida com a 36. Pegue seu café e sente na frente, no balcão para ver as pessoas passarem. Veja as roupas, penteados e qualquer outro detalhe dos nova iorquinos. E aí você percebe que está quase em frente ao Empire State. E, agora que você já viu o prédio de dois ângulos diferentes, nem vai ficar ligar porque não subiu nele.

2 – Tomou café? Então é hora de visitar algum museu. Nova York tem museus fantásticos, mas aqui vale buscar o que você mais tem interesse: artes, história, biologia…para gastar a manhã no programa. Veja essa lista da Wikipedia. Pode ajudar a escolher melhor a opção que mais te agradará

3 – De lá, pegue o metrô (ou vá andando) até o Grand Central Therminal. A construção é linda! Olhe para o teto que é todo desenhado. Mas cuidado para não se perder por lá no meio de tanta gente indo e vindo e tantas saídas e escadas. Dentro da estação tem um shopping bacaninha e aproveite comer por ai (tem um mercado bem charmoso dentro)

4 – De tarde, vale a pena ir até a Time Square para tirar fotos e irritar-se com a muvuca. Por ali tem lojas que a gente ama para algumas comprinhas: Gap, Forever XXI, Sephora, Toys R Us, e muitas outras (incluindo as de souvenirs).

5 –  Depois da Times Square, pare em qualquer Duane&Read para comprar cosméticos. Inclusive tem uma no meio da Times Square, mas não aconselho porque muita gente acaba indo lá. Se você andar um pouquinho até a 8a avenida, acha uma Duane&Reade mas “tranquila”

6-  E quando o início da noite chega a fome aperta. Então já que você está perto da Times Square, encerre seu final de semana em Nova York com um jantar delicioso no restaurante Pigale

 

Agora dicas que podem agilizar seu passeio e te ajudar a economizar tempo:

 

O segredo para não perder um tempão esperando na fila de um dos restaurantes do Eatly é, se você estiver em no máximo três pessoas, pedir para sentar no balcão

Aqueles “talões” de desconto em passeios valem super a pena. Afinal você não quer ficar na fila em nenhum passeio, não é? Algumas opções: New York Pass,  City Pass. Mas avalie a quantidade de passeios que você pode fazer sem pegar fila versus o custo benefício

 O sistema de tranporte público de NY é fantástico. Sujinho, mas funciona super bem. Você pode baixar o mapa do metrô e estudar as linhas de acordo com seu roteiro aqui. E detalhes sobre as linhas, seu funcionamento, e por aí vai…aqui!

  1. Avaliação geral:

Deixe seu comentário

Enviar